DOAÇÃO DE DOCUMENTOS        PARCERIAS        SÓCIOS        CONTATO    
    HOME        ARQUIVO        NÚCLEOS        IMIGRAÇÃO        PUBLICAÇÕES        NOTÍCIAS        BUSCA    
   Notícias      AHJB na Tribuna Judaica      Veja em nosso acervo   

 Livros em duplicada são doados

A biblioteca do Arquivo Histórico Judaico, cujo acervo consta de mais de onze mil títulos, está em busca de instituições que tenham interesse em enriquecer suas bibliotecas com livros sobre a história da imigração judaica no Brasil.

Em um levantamento recente, constatou-se que alguns importantes títulos estão disponíveis em duplicata. Além daqueles provenientes de diferentes doadores particulares ou instituições, que coincidentemente doaram os mesmos livros, há outros recebidos em grande quantidade de um doador comum.

Para evitar que esses livros fiquem esquecidos nas estantes, sem nenhum aproveitamento, a diretoria do Arquivo decidiu fazer uma relação de aproximadamente doze instituições que poderiam ter interesse a incrementar seus acervos. Dentre elas, o AHJB oferecerá esses exemplares a algumas universidades como a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, Unicamp, PUC (de São Paulo e Campinas); e também o Museu da Imigração, Memorial da América Latina e órgãos vinculados às Secretarias da Cultura de São Paulo.

Segundo o parecer do historiador e consultor do AHJB, Paulo Valadares, “esses livros compõem o que se pode definir como uma bibliografia essencial sobre a história da imigração judaica no Brasil e podem ser de grande utilidade para pesquisadores, estudantes da rede pública e privada, universitários e interessados em geral”. Em uma pré-seleção já efetuada, destacam-se livros imprescindíveis para a compreensão da história da imigração judaica, como uma série de títulos de autoria de Egon e Frieda Wolff (Guia Histórico da Comunidade Judaica de São Paulo e Sepulturas dos Israelitas); algumas curiosidades como Memórias da Minha Juventude e do Teatro Ídiche no Brasil, de Simão Buchalski e a biografia de David José Perez, de Nachman Falbel; raridades, como uma edição de 1949 do Estado Judeu, de Herzl; ou ainda um número especial sobre Israel da extinta revista Anhembi, de 1961.

Embora para um bibliófilo doar livros pode ser um grande exercício de desapego, para o sábio talvez seja o melhor caminho para se difundir o saber já que antes de circular livros, a função de uma biblioteca é fazer circular o conhecimento.

Caso você pertença a alguma instituição e queira saber mais detalhes sobre as doações, envie seu email para: biblioteca@ahjb.org.br



voltar

 Copyright © e termos de uso