DOAÇÃO DE DOCUMENTOS        PARCERIAS        SÓCIOS        CONTATO    
    HOME        ARQUIVO        NÚCLEOS        IMIGRAÇÃO        PUBLICAÇÕES        NOTÍCIAS        BUSCA    
   Instituição      Histórico      Acervo      Atividades      Realizações      Exposições      Organização      Localização      Fale conosco   
 

Ezra
 
 

Também conhecida como a Sociedade Israelita “Amigos dos Pobres”, foi fundada em 1916. Seu objetivo era proporcionar condições dignas aos imigrantes recém-chegados, ajudando famílias na complementação dos aluguéis, além de distribuir alimentos mensalmente aos mais necessitados. Foi uma das instituições tradicionais da coletividade judaica em São Paulo, tendo desempenhado importante papel na absorção de imigrantes vindos ao Brasil a partir da Primeira Guerra. Seu princípio era o mesmo que regia a Sociedade das Damas Israelitas, ou seja, era sustentada pelos sócios fundadores, além de contribuição de membros da coletividade Judaica e promoção de eventos sociais e culturais.

Dentre as funções exercidas pela Ezra, destaca-se: auxílio a pobres necessitados, ajuda médico-hospitalar, assistência a imigrantes que chegavam ao país para encontrar seus destinos, empréstimos, visita e apoio a enfermos, ensino da língua portuguesa e apoio para colocação profissional e busca de emprego.

A Ezra tinha como particularidade o intercâmbio com instituições internacionais tais como a JCA (Jewish Colonization Association) de Londres, a Emirgdirekt (na Alemanha) e a HIAS nos Estados Unidos. Mais tarde essas entidades se uniriam e formariam a HICEM.

Após o término da Primeira Guerra, a Ezra passou a ter cada vez mais destaque com o aumento considerável no número de imigrantes que chegavam ao país. Além de suas atividades, a Ezra estimulou a criação de outras entidades, como a Cooperativa de Crédito, criada em 1928 para fornecer empréstimos aos imigrantes recém-chegados, para que esses tivessem possibilidades de iniciar algum empreendimento.

O ano de 1929 representou em termos estatísticos um ano de intenso crescimento de imigrantes, assim como a necessidade de incremento na arrecadação da Ezra.

A partir dos anos 30, com a ascensão de Getúlio Vargas ao poder juntamente com todas as restrições e dificuldades impostas à entrada de imigrantes judeus no país, principalmente após o início da Segunda Guerra Mundial, a Ezra passou a desempenhar importante papel de assessoria jurídica e na legalização de imigrantes.

Em 1936, foi inaugurado o Sanatório Ezra, em São José dos Campos para atender pacientes tuberculosos.

No ano de 1976, a Ezra se incorporou à Ofidas.



Acervo: 
  • Acervo do AHJB
  • ICA
  • Ezra
  • Soc. Beneficente das Damas Israelitas
  • Entidades Beneficentes


     Copyright © e termos de uso